Menu
Esportes

Gaúcho, técnico do Sousa faz apelo por pausa no futebol: “Questão de bom senso”

Treinador de 52 anos é natural de Três Passos, no Rio Grande do Sul

Por Redação

14/05/2024 às 08:47 | Atualizado em 16/05/2024 às 13:46

 - Reprodução

(Foto: Reprodução)

O técnico Paulo Schardong é mais um daqueles casos que saem do seu estado natal em busca de sucesso no ramo que escolheu trilhar. A consequência disso muita das vezes é não poder estar presente em situações inesperadas. E é essa situação que está vivendo o treinador do Sousa, no momento. Longe de casa em meio à tragédia que atinge todo o Rio Grande do Sul, o comandante não escondeu sua preocupação com seus entes e conterrâneos que lá estão neste momento de desespero.

Natural do município de Três Passos, o gaúcho de 52 anos, recém-campeão paraibano pelo Dino, é favor de uma paralização no futebol brasileiro, como um ato de solidariedade a todos os cidadãos gaúchos. Para Schardong, uma pausa, por menos tempo que seja, é a melhor decisão a ser tomada pela CBF.

“Futebol é nosso trabalho. Nós estamos numa região aqui onde, nesse momento, a gente tá todo mundo muito bem, não tenho o que falar. Mas a gente tá acompanhando, e eu acho que a entidade máxima, que é a CBF, ela vai ver a situação certinha. Eu acho que tá vendo apenas as equipes de lá que, praticamente não vão poder estar jogando. Mas eu acho que uma parada de duas rodadas para todo mundo, todos os campeonatos, seria uma situação legal. Essa água dos rios terão que baixar. As coisas vão melhorar e vai dar tempo deles se reerguerem no futebol, para poder está viajando. Até o aeroporto está sem funcionar. Não tem como viajar. Temos que entender que eles estão passando essa situação. É uma questão de bom senso, mas essa parte não é a gente que decide”, disse Paulo Schardong, técnico do Sousa, ao portal Voz da Torcida.

De acordo com a última atualização da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, divulgada na manhã dessa sexta-feira, 113 pessoas já foram encontradas mortas devido ao desastre. A Defesa informou, ainda, que 756 pessoas ficaram feridas e 146 estão desaparecidas. Além disso, cerca de 406,7 mil cidadãos tiveram de deixar suas residências em função das fortes chuvas.

Preparação em meio ao momento difícil 

Como a CBF decidiu adiar apenas os jogos dos clubes gaúchos, Paulo Schardong teve que comandar o Sousa em mais um compromisso da Série D neste fim de semana, pela terceira rodada. O time sertanejo venceu o Potiguar de Mossoró por 1 a 0, no estádio Marizão, conquistando a sua primeira vitória na competição.

Arena Correio

Anúncio full